cmrmc

cmrmc

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Clássicos Domingos


Camerata Brasilis
Dia 13 - Domingo - 11 horas

Camerata Brasilis é uma pequena orquestra de cordas dedilhadas e sopros que se dedica a trabalhar arranjos originais para repertório do choro de todas as épocas. A Camerata busca, através do aprofundamento nessa linguagem, a expressão da música instrumental brasileira de hoje e vem fazendo um intenso trabalho de pesquisa, criação e difusão deste fazer musical.
O encontro desses instrumentos, em uma formação para além do regional e da orquestra de câmara, revela sonoramente a singularidade da Camerata Brasilis e sua busca pela interseção entre a música de câmara e a de roda, entre a precisão e o swing, entre o escrito e o improvisado.
Formada em 2008, no rico ambiente da Escola Portátil de Música, a Camerata Brasilis tem como principal referência a histórica Camerata Carioca, que teve Radamés Gnattali como mestre e mentor nessa arte que transpõe as barreiras entre erudito e popular. Outra importante influência foi a Camerata Portátil, da Escola Portátil de Música, que teve um papel importantíssimo na formação dessa sonoridade impar que a Brasilis herdou.
A Camerata Brasilis, que já se apresentou em importantes salas de música do Rio de janeiro como a sala Baden Powell, o Centro de Referência da Música Carioca, na série Instrumental Finep, na Rádio Nacional e outros, vem ganhando apoio de músicos de peso como Mauricio Carrilho, Paulo Aragão, Naomi Kumamoto, Luciana Rabello, Jayme Vignoli, dentre outros, que contribuem com arranjos originais para a formação ou mesmo com participações especiais em shows.
A Camerata Brasilis é formada por 9 integrantes, jovens músicos que demostram admirável domínio de seus instrumentos e profundo conhecimento sobre sua linguagem musical, despontando no cenário da música instrumental nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário