cmrmc

cmrmc

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Rio Jazz

Cama de Gato
Dia 3/2 - Sexta-feira - 19h30
Com seis CDs na bagagem, o grupo instrumental Cama de Gato foi fundado em 1985 pelos músicos Pascoal Meirelles (bateria) e Mauro Senise (sax e flauta). Até 1994, lançou três CDs, sendo que o primeiro vendeu mais de 75 mil cópias, um feito para a música instrumental brasileira. A partir de 94, Jota Moraes assume os teclados e introduz o vibrafone em algumas faixas, o que dá ao som do grupo uma cor especial. Neste mesmo ano, Mingo Araújo se junta ao Cama de Gato, acrescentando sua percussão cheia de brasilidade. Mais dois CDs são lançados: “Dança da Lua” e “Amendoim torrado”. Em 2003, foi lançado o novo disco, “Água de chuva”. Uma das marcas registradas do grupo é trabalhar com composições dos próprios músicos. “Não é uma atitude exclusivista. É que gostamos de tocar nossas músicas. Não tocamos material alienígena”, brinca Pascoal Meireles. O Cama de Gato faz turnês pela Europa e pelo Brasil, já tendo se apresentado no famoso Town Hall em Nova York. Também fez três apresentações memoráveis no Free Jazz, no festival de jazz de Aruba, no Caribe, no Malta Jazz Festival, na ilha de Malta e no Jazz at Juan, em Juan les Pins, na França. Outra atividade paralela do Cama de Gato são os workshops. Em cada cidade, uma legião de músicos locais e de estudantes procura o grupo a fim de conhecer o processo de criação e os métodos musicais usados pelo grupo. Em 2004, o grupo fez turnê pela América Latina, obtendo imenso sucesso de público e de crítica. Em Quito, no Equador, lotou o Teatro Nacional, o principal da cidade, com capacidade para 2.500 pessoas. Em 2005, foram aclamados em dois festivais internacionais: o da ilha de Malta e o de Juan les Pins, na França. O Cama de Gato é formado por Jota Moraes (teclados), Mauro Senise (sax e flauta), Pascoal Meirelles (bateria), André Neiva (baixo) e Mingo Araújo (percussão).


Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir