cmrmc

cmrmc

segunda-feira, 5 de março de 2012

Rio Ritmos


Elisa Addor
Dia 10/3 - Sábado - 19h30

Nome artístico de Elisa Bondim Addor, cantora que vem se destacando pela voz de timbre doce e suave com afinação precisa e interpretação viva e original. Elisa, com o conjunto Cana de Litro, venceu no ano de 2006, o primeiro concurso: Jovens Bambas do Velho Samba realizado pela tradicional Casa de samba Carioca da Gema, e faz parte do quadro fixo da casa, desde então. Elisa também comanda a roda de samba do Bar Semente, outra tradicional casa de samba da Lapa e do Rio de Janeiro.
Elisa já se apresentou em todas as casas de samba e música da Lapa e adjacências: Carioca da Gema, Rios Scenarium, Estrela da Lapa, Sacrilério, Centro Cultural Carioca, Fundição Progresso, Casa Rosa, Bom Sujeito, Clube dos Democráticos, Mofo. No primeiro dia de 2008 foi apontada pelo crítico musical do jornal O Globo, João Pimentel, como uma das melhores cantoras da atualidade.
Seu repertório vem sendo formado por músicas de renomados compositores brasileiros como: Chico Buarque, Caetano Veloso, Paulinho da Viola, Elton Medeiros, Gilberto Gil, Cartola, Nelson Cavaquinho, Dorival Caymmi, Paulo Cesar Pinheiro, entre outros. Ela também canta músicas de novos compositores como Edu krieger, Rodrigo Maranhão, Pedro Holanda, Alfredo Del Penho e Rafael dos Santos.

Algumas músicas: Nasci pra sonhar e cantar (Dona Ivone Lara), Homenagem ao Malandro (Chico Buarque), Ame (Paulinho da Viola e Elton Medeiros), Janaína Minha e Vatapá (Dorival Caymmi), Nenhuma lágrima (Elisa Addor), Mangueira (Rafael dos Santos), entre muitas outras.
Participou dos cds Cantoras da Lapa e do grupo Passagem de Nível. Também gravou coro nos cds e dvds do programa de rádio Samba Social Club, no cd de Délcio Carvalho, no cd de Moyséis Marques e nos dois cds do grupo Casuarina. Elisa acaba de lançar seu primeiro cd, com direção musical de Eduardo Krieger, onde faz releituras e apresenta canções inéditas. Próximo show de lançamento 22 de setembro de 2011, no Sérgio Porto, as 19h30, humaitá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário