cmrmc

cmrmc

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Rio Clássicos


Quadro Cervantes
Dia 5/4 - Quinta-feira - 19h30

Fundado em 1974, o Quadro Cervantes é considerado pela crítica como “o mais importante conjunto de música antiga do país” (O GLOBO). Além da sua inegável qualidade artística, o conjunto prima pelo humor e a comunicação que estabelece com suas plateias. Os repertórios que costuma apresentar vão desde o período medieval até o cancioneiro brasileiro do século XIX. Empregando cópias fiéis de instrumentos antigos, recitais do grupo compreendem trios vocais e dezenas de instrumentos das famílias de sopro, percussão, cordas dedilhadas e cordas friccionadas.

A trajetória do conjunto se mistura à história da música antiga brasileira, pela importância do Quadro Cervantes no cenário brasileiro durante a sua primeira fase (décadas de 1970-80). Nesta, atuaram no conjunto a gambista Myrna Herzog, a cravista Rosana Lanzelotte. Outro nome pertencente ao Quadro Cervantes original foi a soprano Clarice Szajnbrum, que somente finalizou a sua participação no conjunto em 2009.

O conjunto já realizou cinco gravações, e seus integrantes são regularmente convidados para lecionar e apresentar-se no Brasil e no exterior. O conjunto é formado pelo decano da música antiga brasileira e membro original do Quadro Cervantes Helder Parente (flautas, barítono e percussão), Márcia Taborda (soprano e vihuela), Mário Orlando (viola da gamba, vielle, flautas doce e contratenor) e Nicolas de Souza Barros (alaúdes, violão e viola caipira, guitarras renascentista e barroca).

Formação:  

Helder Parente: Flautas, barítono e percussão;
Márcia Taborda: Soprano e vihuela;
Mário Orlando: Viola da gamba, vielle, flautas doce e contratenor;
Nícolas de Souza Barros: Alaúdes, viola caipira, guitarras renascentista e barroca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário