cmrmc

cmrmc

domingo, 13 de maio de 2012

Rio Jazz


Dino Rangel
Dia 18/5 - Sexta-feira - 19h30

Dino Rangel apresenta seu 2º cd com participação dos músicos Márcio Bahia (bateria), Zé Canuto (sax, flauta e arranjos), Mazinho Ventura (baixo), Marcos Nimrichter (piano e acordeon), David Feldman (piano), Ney Conceição (baixo) e Beth Bruno (vocal); com composições de autores como Guinga, Tom Jobim, Garoto, Dori Caymi, Victor Assis Brasil, o cd do guitarrista passeia pelo samba, choro, toada, baião e frevo. Dino homenageia o cronista Rubem Braga (As Boas Coisas da Vida), com o título “Partir...Voltar”, sugerindo como no título do livro, uma das melhores coisas da vida, numa alusão a música de improvisação, ou seja, partir, improvisar, viajar, depois voltar fazendo com que toda essa “viagem”(improviso) faça sentido.
Dino estudou com Sergio Benevenuto e Yan Guest, pouco tempo depois foi pra Nova lorque tocando com grupos brasileiros e também ter aulas com guitarristas de jazz, regressando ao Brasil em 1991, dando início à carreira profissional.
Participou dos grupos Suzete Drinks, Palha de Milho, Saloon&Cia; acompanhou a cantora Beth Bruno e o cantor e compositor Fred Martins. Em 1994, excursionou por vários países da Europa com o grupo Brasiliana. Participou de shows e gravações com Watusi, Vanessa Barum, Marvio Ciribelli, Felicidade Susy, Bia Bedran, Baby do Brasil, Ithamara Koorax, Keiko Omata, Ednardo; na música instrumental atuou ao lado de Guinga, Léo Gandelman, Arthur Maia, Marcelo Salazar, Jorge Pescara, PC Barros, Rogério Souza, Zé Canuto.
Em 1998 estréia seu primeiro disco solo pelo selo Niterói Discos, assinando a metade das dez faixas do CD "Café", enquanto o trompetista Luisão Ramos fornece três composições. Tom Jobim e Peter Pan ganham inspiradas releituras de "Antígua" e "Se queres saber", respectivamente. Acompanhado por músicos como Arthur Maia, Zé Canuto, Márcio Bahia, Marcos Nimrichter e Cláudio Infante, entre outros, Dino também é o arranjador da maioria das faixas gravadas no Castelo Studio. Como curiosidade, vale registrar que a faixa "Even Eight", gravada em 1990, em Nova lorque, conta com os teclados de Edward Simon, o baixo de Paul Socolow e a bateria de Zach Danziger.
Em 2001 participa do cd “JAZZ FROM BRASIL”, compilação do jornalista e produtor Arnaldo DeSouteiro, com a faixa ANTÍGUA (Tom Jobim), junto de Eumir Deodato, Cláudio Roditi e Ithamara Koorax, lançado no Japão, Europa e EUA, indicado para o GRAMMY como melhor álbum Latin Jazz. Participa da compilação do 6º “Compasso, Samba & Choro”(2003) da gravadora Biscoito Fino. Foi selecionado em 2º lugar no edital da Niterói Discos(2006) ao lado de Ronaldo do Bandolim, Rogério Souza e Luiz Alves, para gravar seu 2º cd solo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário