cmrmc

cmrmc

domingo, 29 de julho de 2012

Rio Música - Agosto


Rio Música – Programação de Agosto

1/8 – 19h30 - Rio Novas Bandas - Udi e a Embaixada
Udi Fagundes (voz e guitarra), Günter Fetter (guitarra e teclados), Tamara Janson (baixo) e Márcio Pexi (bateria); e a Embaixada com Maurício Coringa (voz, guitarra e violão) e Tássio Ramos (baixo)
No show, Udi apresenta músicas do seu primeiro cd Cabeça de GPS mesclando ritmos de samba, e a Embaixada traz na bagagem, o cd “Brazilian Concept” onde misturam a sonoridade "tupiniquim" a outros estilos musicais como o funk, o hip hop, o reggae, entre outros.

2/8 - 19h30 – Rio Clássicos - Paulo Francisco Paes
Paulo Francisco Paes (piano solo)
Obras de Bach, Villa-Lobos, Beethoven e autorais.

3/8 - 19h30 - Rio Jazz Inventos
Joana Queiroz ( Voz, Clarineta, clarone e sax tenor), Jonas Hochermann Corrêa (voz, trombone e trombone baixo), Pedro Paulo Junior (voz, trompete, flugelhorn e trompa de marcha), Thiago Queiroz (voz, sax barítono, sax alto e flauta), Vitor Gonçalves (voz, sax alto, acordeão e piano) e Yuri Villar (voz, sax tenor, sax soprano e flauta)
É um grupo de trabalho camerístico caracterizado como um criativo sexteto de sopros.
O repertório é constituído, principalmente, de peças dos próprios integrantes do grupo, contando, também, com composições de Hermeto Pascoal e uma peça de Egberto Gismonti arranjada especialmente para o grupo.

4/8 - 19h30 - Rio Ritmos – Pedra Lispe
Pedro Messina (violão 7 cordas), Bruno Reis (viola brasileira 10 cordas), Maria Clara Valle (violoncelo), Rudá Brauns (bandolim), Alexandre Bittencourt (flautas e clarinete) e
Thiago Kobe (bateria e percussões)
A proposta é levar ao público um repertório no qual elementos associados às tradições populares e outros ligados à música de concerto que coexistam e se somem.
Suas músicas são executadas ao lado de adaptações e arranjos de Villa-Lobos, Guerra-Peixe, Antônio José Madureira e Capiba, para citar apenas alguns dentre vários compositores consagrados cuja produção musical nos faz refletir a respeito dos limites entre música popular e erudita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário