cmrmc

cmrmc

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Programação Centro Municipal de Referência da Música Carioca - JANEIRO / 2015

Centro Municipal de Referência da Música Carioca Artur da Távola
Rua Conde de Bonfim, 824 – Tijuca
(21) 3238-3831

Dia 9/01 – sexta-feira – 19h30 – Estela Caldi
Participação especial de Leo Gandelman
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
O espetáculo reúne algumas das principais influências da intérprete ao longo de 40 anos de carreira. O repertório começa com a conhecida "Tocata em mi menor", de Bach, seguida da intensa e virtuosística "Balada em sol menor", de Chopin. Apaixonada pela cultura espanhola, a pianista destaca duas peças da "Suíte espanhola" de Albéniz, em homenagem a Sevilha e Aragon. As tradições argentinas se mostram presentes em obras de Guastavino, Aguirre e Ginastera, repletas de languidez e nostalgia, remetendo à memória de canções populares andinas. Radamés Gnattali nas vozes de Estela e Leo Gandelman. Já a importância de Villa-Lobos na carreira da pianista está nas "Cirandinhas" que são de incrível beleza e singeleza, e aludem ao cancioneiro popular das crianças do Brasil no século passado.

Dia 10/01 – sábado – 19h30 – Tira Poeira
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Henry Lentino (bandolim), Caio Márcio (violão), Samuel de Oliveira (saxofone), Fábio Nin (violão 7 cordas) e Sérgio Krakowski (pandeiro).
O Tira Poeira é formado por cinco jovens, exímios instrumentistas, que têm em comum a paixão pelo choro e o hábito de frequentar o bairro da Lapa, no Rio de Janeiro. O som peculiar se deve primeiramente à variada formação musical de seus integrantes, que além do choro, passaram por outros gêneros. Hoje, utilizam todo esse rico material sonoro tendo como eixo o respeito à tradição dos grandes mestres.
O show é um apanhando do repertório dos seus últimos CDs e celebração do que o grupo vem realizando nesses 10 anos de carreira.

Dia 11/01 – domingo – 11h – QuintetAço
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Maxwell de Paula (trompete), Neivison Machado (trompete), Marco Vilas Bôas (trompa), Wesley Ferreira (trombone) e Reginaldo Marques (tuba).
Em toda sua trajetória o grupo, já se apresentou em grandes salas de concertos, com um repertório variado de obras de compositores nacionais e internacionais, que oferecem um mergulho aos clássicos mais populares do mundo e também, em contrapartida, ao popular reconhecido por seu classicismo.

Dia 11/01 – domingo – 16h – Rio de Janeiro a Dezembro com Jujuba e Ana Nogueira
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Uma homenagem ao Brasil e ao Rio de Janeiro ao resgatar as mais genuínas manifestações culturais folclóricas. O espetáculo busca uma nova linguagem dramatúrgica voltada ao público infantil, para apresentar a criatividade e sensibilidade da arte popular. Mostrado em doze quadros, de janeiro a dezembro, no qual são utilizados violão, acordeom, cavaquinho, bandolim, flauta doce e instrumentos de percussão, para contar, cantar e representar as mais marcantes e significativas atividades e datas comemorativas, que impulsionam as festas populares.

Dia 15/01 – quinta-feira – 19h30 – Gabriel Geszti Quarteto
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Gabriel Geszti (piano), PC Castilho (flauta e sax), Pedro Aune (contrabaixo) e Antônio Neves (bateria).
O espetáculo propõe uma saudável e irreverente mistura de nacionalidades e raízes culturais, passeando entre a música erudita e a música popular, que vai da música intimista a dançante.

Dia 16/01 – sexta-feira – 19h30 – Quarteto SolBrasil de Violões
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
O quarteto é formado por Adriana Ballesté, Cedmon Alves, Klaus Grunwald e Wilson Costa, violonistas com vivências musicais diferentes que se complementam. O repertório é composto por músicas brasileiras, incluindo composições próprias.

Dia 13/12 – sábado – 19h30 – Qinho
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Lançamento do seu terceiro álbum "Pode Querer", com repertório inédito e também canções dos seus últimos discos de carreira, afim de apresentar um panorama de toda a sua obra.

Dia 18/01 – domingo – 11h – Gaetano Galifi
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Como solista gravou e lançou o CD Amazonas – Poemas Violonísticos com obras inéditas de sua autoria, o qual foi editado e lançado também na Argentina. Atualmente Gaetano prepara seu segundo CD. No repertório obras autorais, Assim canta meu violão, O blues do Barão Vermelho, entre outras.

Dia 18/01 – domingo – 16h – Rio de Janeiro a Dezembro com Jujuba e Ana Nogueira
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Uma homenagem ao Brasil e ao Rio de Janeiro ao resgatar as mais genuínas manifestações culturais folclóricas. O espetáculo busca uma nova linguagem dramatúrgica voltada ao público infantil, para apresentar a criatividade e sensibilidade da arte popular. Mostrado em doze quadros, de janeiro a dezembro, no qual são utilizados violão, acordeom, cavaquinho, bandolim, flauta doce e instrumentos de percussão, para contar, cantar e representar as mais marcantes e significativas atividades e datas comemorativas, que impulsionam as festas populares.

Dia 22/01 – quinta-feira – 19h30 – Duo Leandro Braga & Bebê Kramer
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Leandro Braga (piano) e Bebê Kramer (acordeon)
Leandro e Bebê apresentam composições próprias, mesclando as raízes de um paulista do interior ao piano com as de um gaúcho dos Pampas. Tudo mesclado à força da música carioca, dos choros, sambas, valsas e maxixes.

Dia 23/01 – sexta-feira – 19h30 – Anne Meyer e Erika Machado
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Anne Meyer (soprano) e Erika Machado (piano)
Concerto que apresenta um pouco da música e da história de Chiquinha Gonzaga, mulher de relevância na história brasileira. No recital “Chiquinha Gonzaga – uma mulher e sua música” será salientada a estilística das criações da compositora ainda em uso nas composições da nossa moderna MPB.

Dia 24/01 – sábado – 19h30 – Moyseis Marques
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Casual Solo é o mais novo projeto do cantor Moyseis Marques. Xotes, sambas, afrossambas, canções e baladas fazem desse show, uma verdadeira viagem a um universo de sentimentos e texturas, traduzido nas cordas vocais desse cantor e compositor genuinamente brasileiro.

Dia 25/01 – domingo – 11h – Quintaventos
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Quinteto de sopros formado por Ana Beatriz (oboé), Renato Reis (clarineta), Timóteo Pereira (flauta), Felipe Alves (trompa) e Rodrigo Rodrigues (fagote). O grupo formado há quatro anos, vem se dedicando ao repertório de quinteto de sopros brasileiros e arranjos para esta formação. No repertório Radamés Gnatalli, Ricardo Tacuchian, Ernesto Nazaré e outros compositores.

Dia 25/01 – domingo – 16h – Brincantar com Fabbio Campello
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Baseado na obra do compositor Fabbio Campello, o show propõe a interação entre sua música e as plateias por onde passa. As canções são frutos de vivências na área da educação em projetos pedagógicos e culturais, numa temática totalmente sintonizada com o universo infantil.
No espetáculo são utilizados recursos como fantoches, músicos diversos, instrumentos de sucata, porém a mais peculiar participação é a da dança popular e seus "movimentos corporais" que transformam as canções em brincadeiras.

Dia 29/01 – quinta-feira – 19h30 – André Perim
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
André Perim (piano), Wellington Soares (percussão) e Fábio Gomes (percussão).
Participação: João Pedro de Lima Júnior (theremim)
Espetáculo de lançamento de seu CD instrumental D'água, trabalho autoral que revisita o rock progressivo dos anos 70.

Dia 30/01 – sexta-feira – 19h30 – Quaterna Réquiem
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Elisa Wiermann (teclados), Claudio Dantas (bateria), Phil Wiermann (guitarra e violão), Roberto Crivano (guitarra) e Guilherme Ashton (baixo).
O quinteto instrumental Quaterna Réquiem realiza um trabalho elaborado com composições próprias utilizando fusões estilísticas, fundamentado nas formas da música erudita, principal atividade de sua principal compositora, Elisa Wiermann, que utiliza em seus trabalhos a polifonia barroca, elementos medievais, minimalismo, jazz com uma linguagem descontraída do Rock. Enfim, uma música caracterizada pela elaboração formal, mas sem barreiras estilísticas e de timbres, num exercício constante de ecletismo e originalidade. Este show no Centro de Referência da Música Carioca marca o relançamento de "O QUASÍMODO".

Dia 31/01 – sábado – 19h30 – Chico Chagas Acordeon Trio
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
O show amplia as fronteiras da música, realçando os inusitados caminhos do instrumento de fole no Brasil e mostrando o lado desse grande compositor. O espetáculo valoriza o virtuosismo e a interpretação singular de Chico Chagas, reconhecidamente um dos mais importantes acordeonistas e compositores de sua geração.
Chico pretende mostrar uma outra forma de tocar o acordeom na música brasileira, ainda desconhecida da maioria do público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário