cmrmc

cmrmc

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Programação Centro Municipal de Referência da Música Carioca - Agosto / 2015

Rua Conde de Bonfim, 824 – Tijuca
(21) 3238-3831

Exposição__________________________________
Elifas Andreato: Contornos da Música Carioca (terça-feira a domingo – 10h as 18h)
GRATUITO
A exposição pretende apresentar o envolvimento integral do artista com a música produzida no Rio de Janeiro, seus principais personagens, cenários e produtos: discos, capas de discos, cartazes, shows. Por meio de representações cenográficas, fotografias, reproduções, peças gráficas e recursos audiovisuais diversos, a mostra objetiva apresentar o processo de criação, as técnicas e histórias de parte significativa da produção do artista gráfico Elifas Andreato, que completou 50 anos de carreira em 2014. Uma série de reproduções consagradas que habitam o imaginário popular.

Clássicos Domingos___________________________
Dia 9/08 – domingo – 11h – José Paulo Becker e Cainã Cavalcante (Projeto EGEM)
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
O violonista carioca Zé Paulo Becker em duo com o violonista cearense Cainã Cavalcante lançam o CD "Parceria". O disco apresenta um repertório de música popular de linguagem sofisticada, com arranjos e harmonias extremamente cuidadosos e baseados numa maneira bem brasileira de se tocar violão. O CD é composto por 10 faixas autorais gravadas pelo duo, sendo 8 de autoria de Zé Paulo e 2 de Cainã, que reforçam a brasilidade dos violonistas ao transitarem pelos gêneros Choro,
Baião, Côco, Samba e Galope. O virtuosismo também está bastante presente, principalmente nos improvisos que dão um toque mais jazzístico ao trabalho.

Dia 16/08 – domingo – 11h – Clarinetice
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
O quarteto, formado por mulheres, vem se apresentando sob a orientação do professor Luis Carlos Justi com um repertório que vai do erudito ao popular.

Dia 23/08 – domingo – 11h – Rio Cello
GRATUITO
Gerald Robbins (piano), Armen Ksajikian (cello) e London Music Club (David Chew, cello, Haroutune Bedelian, violino, Lorna Griffit, piano e Russell Guyver, viola).
Repertório: R. STRAUSS – Sonata para cello e piano; G. FAURÉ – Quarteto para piano nº 1 em Dó menor; Allegro moderato; Scherzo Allegro vivace; Adagio; Allegro molto.

Dia 30/08 – domingo – 11h – Vitor Celestino e Ivan Paparguerius
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Repertório: Diabinho Maluco – Jacob do Bandolim; Cochichando – Pixinguinha; Ecos – Joel Nascimento; Sensível – Pixinguinha; Choro Negro – Paulinho da Viola; Saidinho – Ivan Paparguerius; Assanhado – Jacob do Bandolim; Bebê – Hermeto Pascoal; Odeon – Ernesto Nazareth; Floraux – Ernesto Nazareth; Vibrações – Jacob do Bandolim; Um a zero – Pixinguinha; Seu Lourenço no Vinho – Pixinguinha; Caminhando – Nelson Cavaquinho e Santa Morena – Jacob do Bandolim.

Domingo das crianças________________________________
Dias 2 e 9/08 – domingo – 16h – Parampampam apresentam Olha que eu viro bicho
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
O Parampampam é um grupo de música para crianças, formado por arte-educadores e músicos, que trabalha um repertório autoral, valorizando a arte e a cultura das infâncias, com muita diversão.
O espetáculo explora o universo dos bichos, que povoa o imaginário infantil, despertando curiosidade, interesse e afeto nas crianças. Como diz a letra da música que dá nome ao show: “Tem gente que bicho gosta, tem bicho que gosta da gente, tem gente que vira bicho e tem bicho que vira gente!

Dias 16 e 23/08 – domingo – 16h – Coral da Palavra Cantada
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
O Coral Palavra Cantada RJ é um grupo vocal formado por aproximadamente 80 crianças, entre 09 e 13 anos, dedicado a trabalhar principalmente o repertório da dupla Paulo Tatit e Sandra Peres.
Sob a regência de Érica de Paula, o grupo apresenta canções queridas da Palavra Cantada, como ‘Ciranda’, ‘Bolacha de Água e Sal’, ‘A Grande História da Água’, Sopa e ‘Criança Não Trabalha’, além de outros sucessos. O projeto teve início em São Paulo e chegou ao Rio em agosto de 2014, em parceria com o Centro Municipal de Referência da Música Carioca.

Dia 30/08 – domingo – 16h – Brincando de Papel
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Show musical e interativo. No repertório músicas do CD Brincando de Papel, onde as crianças participam ativamente de brincadeiras musicais, interagindo com bonecos, dançando e batucando.



FESTIVAL O RIO É SAX_____________________________
Um festival inteiramente dedicado ao saxofone em seus variados estilos musicais: do clássico ao choro, da gafieira ao jazz, da bossa-nova ao pop.

Dia 1/08 – sábado – 19h30 – Dirceu Leite convida Carlos Malta
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Um concerto que contempla músicas autorais e composições de Pixinguinha, Hermeto Pascoal, Paulo Moura, Ernesto Nazareth e Baden Powell.
Nesse show o multi-instrumentista fará releituras de standards da música instrumental brasileira, como “Chorinho pra Ele” de Hermeto Pascoal, 1 X 0 de Pixinguinha, esse executado a capela por dois saxofones, acompanhado por uma seleta banda, formada por percussão, baixo, violão e acordeon.
__________________________________________________
Dia 6/08quinta-feira – 19h30 – Daíra Saboia
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Daíra Saboia lança seu primeiro CD, intitulado "Flor", selecionado no Prêmio da Música Brasileira de 2015.
O show contará com as participações especiais do Roberto Menescal, um dos pais da Bossa Nova, da banda Pietá, que mistura teatro à belas composições dos integrantes do trio, entre eles, Frederico Demarca, compositor de "Flor", e da presença do grande flautista Marcelo Bernardes.
Acompanhada pelo co-produtor do disco e grande baterista Rafael Barata, e dos parceiros Leandro Cunha ao violão e Magno Souza no Baixo, Daíra apresentará as músicas do seu CD – trazendo a nova geração de compositores – e alguns clássicos da música brasileira.

Dia 7/08sexta-feira – 19h30 – Cidadão da Terra
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
O repertório é uma pesquisa de oito meses por álbuns dos maiores nomes do rock progressivo internacional, do rock nacional e de suas variações durante os anos 70, apresenta pérolas desta fase da música mundial, trazendo uma experiência sonora voltada para um rock bastante melódico e harmônico, através de músicas de cantores e bandas consagradas e admiradas até hoje, como: Casa das Máquinas, O Terço, Mutantes, Zé Rodrix, Barca do Sol, Secos e Molhados, Som Nosso de Cada Dia, Deep Purple, Stones, Pink Floyd, Santana, Beatles, Yes, entre outros grandes nomes do cenário do rock mundial.

Maratona Cultural_________________________________
Nos dias 08 e 09 de agosto acontecerão vários shows no Centro Municipal de Referência da Música Carioca: Bateria do Instituto TIM, Projeto EGEM e Domingo das Crianças com o espetáculo Parampampam.

Projeto EGEM (Encontro Geral Musical)
É uma iniciativa que nasceu a partir de dois debates realizados no programa "Maestros MPB” da Radio MEC apresentado por Jaime Alem, com a participação de Gilson Peranzzetta, Itamar Assiére, Jessé Sadoc, Marcelo Martins e Felipe Radicetti, onde alguns temas foram debatidos, entre eles: a música como entretenimento e a música para se ouvir, a reconquista do público para o que se convencionou chamar de MPB e a opção da mídia convencional pela música massificada. Ao final destes debates foi feito um apelo à mobilização de músicos instrumentistas, cantores e compositores em prol de projetos coletivos para sacudir da imobilidade do segmento da música popular.
Eles integrarão a programação do Centro Municipal de Referência da Música Carioca nos dias 08 e 09 na Maratona Cultural e a partir do dia 26 de agosto (quarta-feira) entrarão na grade da casa a cada 15 dias ocupando o palco da Sala Paulo Moura para mostrarem os seus trabalhos e promoverem grandes encontros, muitos inéditos!

Dia 8/08sábado
  • 11h00 – Bateria do Instituto TIM (GRATUITO)
A Bateria do Instituto TIM foi constituída em 2010 numa parceria entre a TIM e o Centro Educacional Pilar Velasquez, escola que era especializada na formação de alunos surdos na zona norte do Rio de Janeiro. A partir de 2013, o Centro Municipal de Referência da Música Carioca Artur da Távola passou a abrigar o projeto que além de ser direcionado às crianças e jovens surdos também inclui ouvintes e participantes portadores de outras deficiências.
A Bateria do Instituto TIM é composta por 50 integrantes, crianças e jovens na sua maioria com idades entre 6 e 18 anos.
Sob o comando do Mestre Mangueirinha e 06 monitores, os jovens ritmistas apresentam o trabalho desenvolvido pelo grupo durante este período. O objetivo é mostrar uma integração das diferenças numa grande festa percussiva, regada a batidas tradicionais das baterias cariocas e outros ritmos brasileiros.
  • 16h00 – Projeto EGEMQuinteto Art Metal (GRATUITO)
Formado por Jessé Sadoc e Wellington Gonçalves (trompetes), Antonio Augusto (trompa), João Luis Areias (trombone) e Eliezer Rodrigues (tuba), o conjunto tem uma clara opção pela divulgação da música brasileira escrita para essa formação, o que o tem levado a apresentar ao público brasileiro um intenso trabalho de pesquisa sobre o tema. Nesse sentido, destacam o levantamento das obras de compositores amazônicos do início do século XIX. O primeiro CD, Da Renascença ao Jazz, de 1995, foi apontado como o melhor álbum de música instrumental daquele ano. Em 2000, em parceria com a Banda Anacleto de Medeiros, lançou o CD Sempre Anacleto, lançou Dezenovevinteum no ano de 2008 e em 2013, o grupo lançou o CD Henrique Alves de Mesquita, Músico do Império do Brasil, totalmente dedicado à obra deste compositor, que foi considerado pelo jornalista Pedro Tinoco como “uma saborosa aula de história da música nacional”.
  • 19h30 – Projeto EGEM – Delia Fischer, Jaime Alem e Nair Cândia
      Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Delia Fischer, compositora, pianista, cantora e arranjadora, a carioca iniciou-se profissionalmente com o grupo Duo Fenix, formado por ela e Claudio Dauelsberg no início dos anos 80. Delia lançou, em 1999, seu primeiro álbum solo. Em 2010 lançou o CD Presente pela gravadora Dubas. Em 2011 grava e lança o CD Saudações Egberto. Na edição 2013 do Rock in Rio foi responsável pelos arranjos e direção musical do show “Tributo a Raul Seixas”, conduzido pela banda Detonautas Roque Clube, com participação de Zelia Duncan e Zeca Baleiro.
A dupla Jaime Alem e Nair Cândia, formada deste os anos 70, vai apresentar dentre outras canções, o repertório do CD “Meu Relicário” recém-lançado pela gravadora Biscoito Fino. Jaime é compositor, instrumentista e arranjador. Estudou harmonia e composição com o maestro Guerra-Peixe e compôs diversas trilhas sonoras para teatro e cinema. Diretor musical de Maria Bethânia por 30 anos. Nair é cantora, estudou teoria, percepção musical, canto, flauta e harmonia. Atuou como crooner de orquestras de baile em Jacareí e no Vale do Paraíba e como vocalista em shows de Elba Ramalho, Beto Guedes, Maria Bethânia e Milton Nascimento.

Dia 9/08domingo
  • 11h – José Paulo Becker e Cainã Cavalcante (Projeto EGEM)
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
O violonista carioca Zé Paulo Becker em duo com o violonista cearense Cainã Cavalcante lançam o CD "Parceria". O disco apresenta um repertório de música popular de linguagem sofisticada, com arranjos e harmonias extremamente cuidadosos e baseados numa maneira bem brasileira de se tocar violão. O CD é composto por 10 faixas autorais gravadas pelo duo, sendo 8 de autoria de Zé Paulo e 2 de Cainã, que reforçam a brasilidade dos violonistas ao transitarem pelos gêneros Choro,
Baião, Côco, Samba e Galope. O virtuosismo também está bastante presente, principalmente nos improvisos que dão um toque mais jazzístico ao trabalho.
  • 16h - Parampampam apresentam Olha que eu viro bicho
    Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
O espetáculo explora o universo dos bichos, que povoa o imaginário infantil, despertando curiosidade, interesse e afeto nas crianças. Como diz a letra da música que dá nome ao show: “Tem gente que bicho gosta, tem bicho que gosta da gente, tem gente que vira bicho e tem bicho que vira gente!
  • 19h30 – Fátima Guedes, Áurea Martins, Itamar Assiére e Marcelo Martins
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Fátima Guedes é amante da palavra e do sabor dos sons e se utiliza de muito lirismo em sua obra. Considerada uma das maiores revelações da MPB nos anos 80, ela teve suas canções imortalizadas nas vozes de grandes intérpretes como Elis Regina, Maria Bethânia, Nana Caymmi, Simone, Alcione, Leila Pinheiro, Emilio Santiago, Leny Andrade, Beth Carvalho, Ney Matogrosso, Elba Ramalho, Jane Duboc, Alaide Costa, Monica Salmaso, entre outros.
Áurea Martins iniciou a carreira na Rádio Nacional. Gravou seu primeiro disco como prêmio pelo primeiro lugar no programa “A Grande Chance” de Flávio Cavalcanti em 1969 na extinta TV TUPI. Canta na noite carioca há quatro décadas e era uma das intérpretes preferidas de Elizeth Cardoso. O primeiro da sua voz em disco foi numa faixa do LP Alvorada dos Novos, produzido por Altamiro Carrilho. Após gravar dois compactos, produzidos por Rildo Hora e com arranjos de Guerra Peixe. Seu mais recente trabalho é DVD Iluminante, uma reunião dos dois últimos Cds lançados da cantora “Até Sangrar” e “De pontacabeça”, que marcam a melhor fase de uma carreira de meio século e mais de 70 anos de vida.
Itamar Assiére é pianista e arranjador que além de ter estudado piano clássico e improvisação com Luiz Eça e Nelson Faria, também fez música incidental com Geraldo Vespar e harmonia e arranjo com Ian Guest. Ao piano e acordeom desenvolve vários projetos com instrumentistas como Carlos Malta e Mauro Senise e arranjadores como Cristóvão Bastos e Wagner Tiso. Já trabalhou com grandes artistas da música brasileira e internacional como: Gonzaguinha, Fátima Guedes, Dionne Warwick, João Bosco, Chico Buarque, Sadao Waranabe entre outros. Como solista participou das edições de 1998 e 2001 do Prêmio Visa da Música Instrumental.
Marcelo Martins vem trabalhando todos esses anos como músico e arranjador em gravações e shows de diversos artistas da MPB, Rock, Soul, Pop, Samba, Música Instrumental Brasileira, entre eles Ana Carolina, Arthur Maia, Beto Guedes, Caetano Veloso, Celso Fonseca, Chico Batera, Chico Buarque, Cidade Negra, Djavan, Ed Motta, Eumir Deodato, Flávio Venturini, Francis Hime, Gal Costa, Jaques Morelembaum, Jeff Gardner, João Bosco, Leila Pinheiro, Marcos Valle, Mário Adnet, Marisa Monte, Nico Assumpção, Pascoal Meirelles, Paula Morelembaum, Ricardo Silveira, Roberto Carlos, Titãs, Torcuato Mariano, Wanda Sá, Wilson das Neves, Zé Ricardo.

Dia 13/08quinta-feira – 19h30 – Projeto Rock S/A apresenta Vendo Meu Sofá Vermelho e Malabaristas de Semáforo
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Vendo Meu Sofá Vermelho tem sido bem recebido dentro da cena independente carioca por além de suas músicas, ter uma mistura que combina: música mais artes. Entre suas variadas vertentes musicais dentre elas: o Pop rock, com pitadas de Folk, MPB e porque não, aquele som pra se ouvir numa viagem, ou em uma roda de amigos, e ser cantado alto.
Malabaristas de Semáforo foi formada em 2013 por Reinaldo Ramjrez na bateria, Vitor Monteiro na guitarra e vocal e Cleber ST no baixo e vocal, tendo como lema inicial a liberdade em explorar as diversas vertentes do rock. Com influências de bandas como: Joy Division, Artic Monkeys, Interpol, Strokes, Legião Urbana, Plebe Rude, Queens of the Stone Age, Mutantes, Smiths, Cure, Radiohead, Bloc Party.

Dia 14/08sexta-feira – 19h30 – Thiago Genthil e Tomás Improta
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Após cantar no Java Jazz Festival Indonésia e no Stockholm Concert Hall, Thiago Genthil faz show de duo com o pianista Tomás Improta. No repertório, um pouco de Tom Jobim e autorais.

Projeto Rio Cello________________________________
Considerado o maior festival gratuito de música clássica do Brasil.

Dia 15/08sábado – 19h30 – Blas Rivera, David Chew e Michele Barsand
GRATUITO
Blas Rivera (piano e saxofone), David Chew (cello) e Michele Barsand (soprano).
Bailarinos: Cecilia Gonzalez e André Carvalho
Repertório: B. RIVERA: Al reves; Milonga de San Julian; Sonrisa eterna e Pia; Nocturno; Sudaca; El hijo negro e A. PIAZZOLLA: Oblivion e Jacinto Chiclana.

Dia 19/08quarta-feira10h e 14h Cello Tinta
GRATUITO
Atividade direcionada para alunos da rede pública de ensino. Faixa etária: 7 a 8 anos.
Número de vagas: 25
Cello Tinta é um projeto de arte comunitária criado por Carolina Chew, como parte do maior festival gratuito de música clássica do Brasil: Rio Cello. Nos últimos três anos Cello Tinta mostrou uma visão diferente de arte e métodos de expressões artísticas em comunidades do Rio de Janeiro. Seguindo os mesmos passos e intenções do Rio Cello, o Cello Tinta une a música clássica à arte expressiva de crianças e professores nas comunidades, com o objetivo de alcançar um processo em longo prazo e uma educação artística permanente para todos.

Dia 20/08quinta-feira – 19h30 – Armen Ksajikian e Gerald Robbins
GRATUITO
Armen Ksajikian (cello) e Gerald Robbins (piano).
No repertório seleção de peças solo para piano.
R. STRAUSS – Sonata para cello e piano

Dia 21/08sexta-feira – 19h30 – Daniel Sorour, Ingrid Barancoski e Marília Vargas
GRATUITO
Daniel Sorour (cello), Ingrid Barancoski (piano) e Marília Vargas (soprano)
Repertório: J.S. BACH – Suíte nº 3 em Dó Maior; B. MOSSURUNGA – Ondas do iapó; E. BRAGA – São João Dararão, Casinha pequenina, Engenho novo; A. C. GOMES – Quem sabe? ; C. GONZAGA – Lua Branca; H. VILLA-LOBOS –Lundú da Marquesa de Santos; A. NEPOMUCENO – Trovas I e II; A. BOCCHINO – Canção do inverno; H. DE CURITIBA – Seis poemas de Helena Kolody.

Dia 22/08sábado – 19h30 – Homenagem a Villani-Côrtes
GRATUITO
Camila Dragonetti Ribeiro, Leonardo Castilho, Solaine Lima, Bianca de Souza, Ana Clara Alves, Jessica Wady, Gabriel Falcade, Boaz Castro, Pedro Bortolin, Bruno Belluco, Leonardo Borges e Tais Perez
REPERTÓRIO: A. JOBIM – Modinha (arr. Julio Medaglia); A. PIAZZOLLA – Adios Nonino (arr. Julio Medaglia); A. CORELLI – Adagio (arr. Julio Medaglia); H. VILLA-LOBOS – Bachianas Brasileiras nº 1; E. VILLANI-CÔRTES – Prelúdio e Fuga | 5 Miniaturas; J. BEN JOR – Mas que nada (arr. Valter Despalj); D. ASHBRIDGE – Bach a la Baião.

Dia 23/08 – domingo – 11h – Rio Cello
GRATUITO
Gerald Robbins (piano), Armen Ksajikian (cello) e London Music Club (David Chew, cello, Haroutune Bedelian, violino, Lorna Griffit, piano e Russell Guyver, viola).
Repertório: R. STRAUSS – Sonata para cello e piano; G. FAURÉ – Quarteto para piano nº 1 em Dó menor; Allegro moderato; Scherzo Allegro vivace; Adagio; Allegro molto.

Dia 26/08 – quarta-feira – 9h as 11h – Estação Brincadeira / Carro-céu (Gravação – Programa da Rádio MEC)
GRATUITO
Gravação do programa carro-céu com Jujuba e Ana Nogueira. Esta atração faz parte da programação infantil “Estação Brincadeira” todos os sábados na Rádio MEC.

Dia 26/08 – quarta-feira – 19h30 – Orquestra Atlântica (Projeto EGEM)
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Da necessidade em haver mais música Brasileira sob a sonoridade própria das Big Bands na cidade do Rio de Janeiro, surge a Orquestra Atlântica.
Renomados músicos amigos unem-se para executar essa tarefa, ao somar sopros, cordas e ritmos de forma única às texturas ao mesmo tempo tradicionais e estilizadas do Jazz e da MPB.
O repertório é de Música Brasileira, passando por todas as tendências, incluindo “Standards” da música popular e canções originais do grupo. A formação é: Danilo Sinna, Marcelo Martins, Elias Kibe, Gesiel Nascimento, Jessé Sadoc, Aldivas Ayres, Glauton Campelo, Jorge Helder, Williams Mello e Dada Costa.
Com os convidados: Vittor Santos, Nelson Faria, Mauro Senise e Sergio Galvão.
Arranjos por: Marcelo Martins, Danilo Sinna, Jessé Sadoc, Vittor Santos, Nelson Faria.

Dia 27/08quinta-feira – 19h30 – Projeto Rock S/A apresenta União Global e Verbara
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
União Global é uma banda de Rock criada em 2008 no Rio de Janeiro por Thiago Bossio e é composta também por Luiz Das Pedras, Marcos Socram, João Fabrício e Yves Ferreira. Seu estilo transita entre as mais variadas vertentes do Rock, reflexo das diferentes influências de seus integrantes, que passam pelo Rock BR, Hard Rock, Punk, entre outros. Dentre suas influências, podem ser destacadas bandas como Legião Urbana, Barão Vermelho, Foo Fighters, Guns N' Roses, Pearl Jam e Red Hot Chili Peppers.
A Banda Verbara mergulha em surfs, bregas, indies, punks, psicodelias musicais, que são totalmente justificadas pela pluralidade de sua formação: Kadu Parente (puxador), Iuri Nascimento (guitarreiro), Rodrigo (ritmista) e Gabriel Gomes (Peso) são pessoas completamente diferentes e com construções musicais tão diversas quanto.

Dia 28/08sexta-feira – 19h30 – Tati Monteiro e Rodrigo Pinheiro
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Produzido por Cláudio Mazza, “Primeiras Intenções” tem arranjos estruturados por diversos instrumentos musicais, como baixo, bateria, guitarra, flauta, sopro, trompete e violoncelo. “As canções falam de amor, mas não somente amor entre um casal, mas amor pela música.

Dia 29/08sábado – 19h30 – Matheus Von Kruger
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Além de releituras de canções do universo carnavalesco, Matheus apresenta faixas do último álbum, lançado em 2014. Composto por 10 faixas autorais, o disco é o quarto da carreira do músico, e reúne músicas mais contemplativas, como a faixa título composta em parceria com Fernando Temporão, e outras mais dançantes, como “Viver o Dom”, “Hoje Sem Amanhã” e “Sempre Tem Céu Azul”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário