cmrmc

cmrmc

sábado, 2 de setembro de 2017

Programação Setembro / 2017
Centro da Música Carioca
Rua Conde de Bonfim, 824 – Tijuca
(21) 3238-3831

Clássicos Domingos 11h
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Dia 3/09 – Duo Eduardo Camientski e Harold Emert
Eduardo Camientski (violão) e Harold Emert (oboé)
No repertório, obras autorais, além de Tom Jobim, Pixinguinha, Lenir Siqueira e Grewnsleeves.

Dia 10/09 – Diogo Cruz (violão)
Diogo Cruz (violão) e Tinho Martins (flauta)
Diogo apresentará seu EP, com músicas autorais e com influências desde a música antiga à música contemporânea, no repertório: O Caminho, Sinais, Sol do Oriente, Os Adivinhos, Dia dos Deuses e Pergaminhos.

Dia 17/09 – Duo Balloussier Soares
Tomaz Soares (violino) e Katia Balloussier (piano)
No repertório: Calimerio Soares, Ronaldo Miranda, Johannes Brahms e Henryk Wieniavsky.
Tomaz é Mestre em Música pela Bienen School of Music - Northwestern University, Evanston, Illinois, EUA (2016) e Bacharel em Música com Habilitação em Violino pelo Instituto Villa-Lobos da UFRJ. Atualmente é integrante do Quarteto UFF, da OPES (Orquestra Petrobrás Sinfônica) e do PAN Ensemble.
Katia Balloussier – Há vários anos desenvolve intenso trabalho como camerista, se apresentando nas principais salas de concerto do país ao lado de renomados músicos brasileiros e estrangeiros.

Dia 24/09 – Ferr – Piano Solo
O show de Ferr, funde a classe e liberdade do jazz com a arte contemporânea produzida nas ruas, fora das salas de concerto. Tais como o soul, o rap, o drum'n bass, entre outros.
Suas apresentações são assinalados por grooves marcantes, permeados por repertório de composições próprias e releituras em jazz de clássicos como “Come as you are” do Nirvana.

Domingo das crianças 16h
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Dia 3/09 – Parampampam em Olha Que Eu Viro Bicho
No repertório canções próprias com diversos bichos como personagens, brincando com a personalidade de cada um por meio de ritmos variados, bonecos e brincadeiras.
O Parampampam é um grupo de música para crianças, formado por arte-educadores e músicos, com um trabalho que valoriza a diversidade rítmica, compartilha alegria e explora o imaginário infantil.

Dia 10/09 – Companhia Mimos Brasil em Histórias pra Boi Dormir
Histórias de várias partes do mundo, enriquecidas com canções do folclore nacional, pesquisadas em regiões brasileiras e outras canções originais estão presentes no repertório do “Histórias pra Boi Dormir”, espetáculo lúdico e divertido para crianças e suas famílias.

Dia 17/09 – Rosângela de Carvalho apresenta O Que Estou Fazendo Nessa História Outra Vez?
Show interativo, brincadeiras, histórias e músicas da compositora Rosângela de Carvalho, no repertório, canções que falam sobre o nosso folclore. O espetáculo conta com as participações especiais de Roberto Melo e Andrea Martins.

Dia 24/09 – Ivone e Chay Torres em Catucando Histórias pra Cantar
Ivone e Chay contam e cantam histórias incorporando temas variados: meio ambiente, ação social, família, folclore e mitos. Personagens ganham vida através da fusão das várias linguagens literárias e musicais. Show interativo em que a criança é conduzida a trabalhar através da imaginação, do canto, movimentos, sons corporais e instrumentais.

Ciclo Internacional de Compositoras (Sonora)

Dia 7/09 – quinta-feira – 19h30 – Giovanna Tardelli Trio – O instrumental brasileiro e Deborah Levy Trio – Apimentada
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Giovanna Tardelli Trio – O instrumental brasileiroParticipou do Festival de MPB e Jazz da faculdade Souza Lima em 2013 e 2016, tendo aula com músicos importantes como André Marques (seu atual professor de piano), Lupa Santiago, Bob Wyatt, Gilberto de Syllos, Nenê, Vitor de Alcântara, Pedro Ramos, entre outros. Atualmente, aos 21, estuda piano popular na Unicamp e no Conservatório de Tatuí.
Deborah Levy Trio – Apimentada – No espetáculo, Débora relê mais de três décadas da Música Instrumental Brasileira, de 1980 aos dias de hoje, através de 11 faixas autorais.
Misturando raiz e modernidade, quebrando padrões e subvertendo métricas, a música flui de Deborah Levy totalmente única, tornando o previsível, imprevisível. O samba jazz que é também é fusion (Apimentada), o baião instrumental que também é montuno (Canto Latino no.1), ou o frevo contemporâneo que se mescla com a música de câmara (E aí, veio o Carnaval) são alguns dos exemplos que fazem esse trabalho resultar em uma obra original, representada pela fluência de suas melodias cheias de alma, se personificando num álbum de Música Instrumental Brasileira moderno e de alta qualidade. O show conta com as participações especiais de Vidal Assis, Glória Ettari, Dhyan Toffolo, Dani Spielmann, Trio Capitu e Sacha Leite, além de baixo, bateria e percussão de base.

Dia 14/09 – quinta-feira – 19h30 – Ivy MoraisNa Ponta do Remo e Cláudia Castelo BrancoVocê na Nuvem
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Ivy MoraisNa Ponta do RemoIvy Morais expressa a sua paixão pela música brasileira através do canto, suas composições próprias e enquanto produtora cultural, demonstrando no palco a sua vivência na estrada, nas rodas de samba e blocos de rua do carnaval carioca.
Com o Rio Pandeiro, desenvolveu um trabalho diferenciado, levando o samba, maracatu, baião, ijexá e outras expressões nacionais para a Itália, em 2012. Neste mesmo período, se apresentou em casas consagradas como Rio Scenarium e Carioca da Gema, e fez uma homenagem à Clara Nunes nos Escravos da Mauá.
Cláudia Castelo Branco – Você na Nuvem – Com três CDs (“Gisbranco” 2008, “Flor de Abril” 2011 e “Você na Nuvem” 2016) e dois DVDs lançados ("10 mãos e um piano preparado" 2007 e “10 anos de Carreira” 2016), a pianista, compositora e cantora já se apresentou em diversos países, como França, Turquia, Italia, Portugal, Suiça, Canadá e Espanha ao lado de Bianca Gismonti (no Duo Gisbranco), de Claudio Daueslberg (no grupo PianOrquestra) e de Marcos Campello (no show Você na Nuvem). Fez parte do grupo Ofelex, de criação de música eletroacústica, com o qual se apresentou em Bienais e Festivais de Música Brasileira Contemporânea.

Dia 21/09 – quinta-feira – 19h30 – Natália Carrera e Andrea Dutra
Ingresso: inteira R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Natália Carrera - Guitarrista, tecladista, produtora e compositora carioca. Compôs e gravou a trilha musical para o curta de animação Tailor, exibido nas esições de 2017 do Anima Mundi e do Festival de Gramado. Produziu e tocou recentemente no disco Em Noite de Climão da cantora Letrux, lançado em julho de 2017. No início do ano, lançou o disco Testamento, com sua banda Pessoal da Nasa.
Andrea DutraAndrea Dutra é carioca, cantora e compositora, tem 29 anos de carreira e 5 discos solo. O mais recente, Jamba, foi lançado em 2013, pela Mills Records. Desde 2001 é integrante do quarteto vocal Arranco de Varsóvia, vencedor do Prêmio da Música Brasileira na categoria Melhor Grupo de Samba, em 2006. Com o Arranco, tem mais cinco CDS e um DVD e muitos shows pelo Brasil. Andrea canta regularmente em todo o circuito profissional do Rio, casas de shows e teatros, cantando brazilian jazz, samba, mpb e black music. É residente, desde 2010, da única casa internacional de jazz da Lapa, o Triboz, onde canta standards de jazz e brazilian jazz, com o Andrea Dutra Quarteto.

Dia 28/09 – quinta-feira – 19h30 – Beliza LuarSentimento Boreal e IlessiDama de espadas
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Beliza LuarSentimento Boreal Belliza Luar, niteroiense, 23 anos, é cantora, compositora e também toca violão.
Estudou no Conservatório de Música Brasileiro de Niterói: Piano (2004 a 2006) e Violão (2012 a 2013). Trabalha se apresentando em casas noturnas das cidades de Niterói e do Rio de Janeiro desde 2011 e participou de dois festivais da música de Niterói: em 2011, na praia de São Francisco e em 2012 no MAC.
IlessiDama de espadasOriginal de Campo Grande, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro, a cantora e compositora, gravou o seu primeiro CD “Brigador - Ilessi canta Pedro Amorim e Paulo César Pinheiro” em 2009. Com Diogo Sili, realizou em 2013 o show “Quem me levará sou eu - Ilessi e Diogo Sili interpretam Manduka”. Seu mais recente trabalho “Mundo Afora: Meada”, com músicas de novos compositores de todas as regiões do Brasil, tem previsão de lançamento ainda pra 2017.
Para este show Ilessi preparou um repertório, com composições próprias em parceria com Iara Ferreira, Jorge Andrade, Milena Tiburcio, Simone Guimarães, Thiago Amud, entre outros.

Dia 1/09 – sexta-feira – 19h30 – Qinho apresenta Fullgás
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Em abril, o cantor e compositor Qinho lançou o EP Fullgás na internet. O projeto, que teve seu primeiro embrião ainda em 2015, com o encontro do carioca com Marina Lima no palco, dentro do projeto Romance – primeiro no Red Bul Station, em São Paulo, e depois no Parque Lage, no Rio –, ganhou registro fonográfico incluindo quatro grandes sucessos da artista: “Fullgás”, “Uma Noite e Meia”, “Criança” e “Charme do Mundo”.
No repertório, além das quatro canções do EP, Qinho ainda reinventa ao lado de Gui Marques (teclado e sintetizadores) e Carlos Sales (bateria) outros sucessos de Marina como “Virgem”, “Acontecimentos”, “Nada por mim”, entre outras.

Dia 2/09 – sábado – 16h – Casa Poema – Recital em Homenagem a Martinho da Vila
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
A Casa Poema e seus dizedores de poesia, sob a batuta de Elisa Lucinda, trazem seu já tradicional recital – que revela de maneira descontraída e bem-humorada a força da palavra poética em cena, em comunhão com canto, pandeiro, cavaquinho e outros elementos musicais que enriquecem a narrativa e contribuem para fazer saltar do papel as palavras e emoções dos poetas apresentados.

Dia 2/09 – sábado – 19h30 – Luiza Sales e Pedro Carneiro apresentam Versos do Capitão
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Luiza Sales (voz) e Pedro Carneiro Silva (piano)
Neste trabalho, a dupla assina os arranjos e composições de 10 canções apresentadas em formato de voz, violão e piano. O título “Versos do Capitão” é inspirado no livro homônimo do poeta chileno Pablo Neruda. Nele, os poemas falam da despedida de um homem que precisa ir navegar, deixando para trás sua amada. No CD da dupla, não é diferente. O repertório fala de saudade, amor e despedidas em canções como “Despedida” (parceria da dupla), “Angela” (música de Luiza Sales), “O Capitão” (música de Pedro Carneiro Silva) e “Versos do Capitão” (parceria de Luiza Sales com o produtor Vinicius Castro), faixa-título do CD.

Dia 6/09 – quarta-feira – 16h – Eduardo Canto em Tom Jobim – 90 Anos de Histórias & Canções
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
No roteiro músicas como Dindi, Por Causa de Você, Chega de Saudade, num total de 16 canções, e um pouco da história de Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim, o nosso Tom Jobim.
A soma do grande talento com a formação musical erudita fizeram de Tom Jobim mais que um compositor brasileiro reconhecido internacionalmente. Pianista, maestro e arranjador, compôs canções sofisticadas e acessíveis ao gosto popular. Ao lado de João Gilberto e Vinícius de Moraes, foi um dos criadores da bossa-nova.

Dia 8/09 – sexta-feira – 19h30 – André Grabois e João Brasileiro apresentam Das Terras Sertanezas – Canções de Elomar
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
André Grabois (voz) e João Brasileiro (violão).
A música de Elomar Figueira Mello é reconhecida por revelar a árida beleza da vida no Sertão do Brasil, numa linguagem que funde música popular, de câmara e de concerto. Sua obra é escrita em diversas formas como serestas, cantigas, incelenças, óperas e sinfonias. A porção relativa ao Cancioneiro do baiano ganhou homenagem à altura no recital “Das Terras Sertanezas – Canções de Elomar”.

Dia 9/09 – sábado – 19h30 – Duo Manu Santos e Tuca Alves apresentam Deu Vontade
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Manu Santos (voz) e Tuca Alves (violão)
O show “Deu Vontade” é um encontro para fazer e celebrar a música, aquela que transcende a fronteira do ouvido e chega ao coração. Um espetáculo que passeia de Gonzaguinha à Dona Ivone Lara.

Dia 13/09 – quarta-feira – 16h – Juliana Maia
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Juliana Maia, filha de Conservatória, cidade da Serenata, apresenta um show de exaltação a beleza das aquarelas e Serestas Brasileiras. Fazem parte do repertório, Lamartine Babo, Ataulfo Alves e Cartola.

Dia 15/09 – sexta-feira – 19h30 – Marcello Furtado em “E se os meus retalhos fossem de cetim?”
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Participação especial: Paulo César Feital, ganhador “Estandarte de Ouro”
Admirador de Benito Di Paula, o cantor e compositor Marcello Furtado prestará uma homenagem com um espetáculo exclusivamente costurado por algumas de suas canções mais emblemáticas. Músicas que falam de amor, do universo feminino, de vida, arte, e com hits que marcaram a carreira deste artista brilhante e atemporal. Baseado no título de um dos seus maiores sucessos, “E se os meus retalhos fossem de cetim?” relembrará momentos de uma carreira construída com melodias, letras e harmonias apropriadas para uma época em que tais ingredientes eram fundamentais na conquista de um público acostumado à músicas de qualidade e com o melhor da MPB.

Dia 16/09 – sábado – 19h30 – Alice Passos, Breno Ruiz e Miguel Rabello – lançamento dos discos Voz e Violões e Cantilenas Brasileiras
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Alice Passos (voz), Breno Ruiz (voz e piano) e Miguel Rabello (violão)
Miguel e Breno, grandes compositores, participaram do disco da Alice e desde então os três começaram a trabalhar juntos. Alice Passos lançou recentemente seu disco “Voz e Violões” e Breno Ruiz (SP) lançou o seu “Cantilenas Brasileiras”. No show, apresentam canções dos discos e músicas do Miguel em parceria com Paulo Cesar Pinheiro, Roberto Didio, entre outros.

Dia 20/09 – quarta-feira – 16h – Eduardo Canto em Herivelto Martins – Sinfonia de Pardais
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Conhecido como o rei do samba canção, Herivelto Martins foi um dos grandes nomes da nossa música popular, compositor de clássicos do samba eternizados nas vozes de estrelas como Dalva de Oliveira, Francisco Alves, Araci de Almeida, Sílvio Caldas, Carmen Miranda, Cyro Monteiro e Nelson Gonçalves. Muitos de seus sucessos foram gravados pelo Trio de Ouro, grupo criado por ele mesmo e do qual fez parte em todas as suas formações.

Dia 22/09 – sexta-feira – 19h30 – Paulo Bi em Eu Sou Trezentos – Poemas musicados de Mário de Andrade
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Paulo Bi (voz, violão), Henrique Graça (piano) e Leo Cortez (bateria)
Acompanhado de seu violão midi, do pedal loopstation e utilizando na voz o processador vocal VE 20, Paulo Bi lança mão de recursos eletrônicos para criar uma atmosfera sonora envolvente, oferecendo ao público alguns dos belos poemas de Mário de Andrade, transformados em canção.

Dia 23/09 – sábado – 19h30 – Gabi Buarque
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Gabi Buarque (voz e violão)
A cantora e compositora carioca, Gabi Buarque de volta ao Brasil depois de dois meses em turnê pela Europa, apresenta seu mais novo show com foco na PALAVRA e direção cênica de Duda Maia. Samba, coco, maracatu, xote, maxixe, valsa, uma diversidade rítmica brasileira em canções inéditas, poesias e músicas gravadas nos CDs “Deixo-me acontecer”(2011) e “Fiandeira”(2014).

Dia 27/09 – quarta-feira – 16h – Alice Sales em Estrela Dalva
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Alice Sales (voz), Luiz Flavio Alcofra (violão) e Jayme Vignoli (cavaco)
Show que objetiva mostrar um pouco de todas as suas facetas. Muito conhecida pelas canções de amor sofridas, mas também por interpretar marchinhas de carnaval e canções festivas, Dalva de Oliveira era uma cantora extremamente versátil. Sabia passear por universos diferentes, sempre deixando sua marca: uma voz marcante, de agudos precisos e vibrato emocional. No repertório releituras dos grandes sucessos interpretados pela estrela, mas sem ousar imitá-la.

Dia 29/09 – sexta-feira – 19h30 – Lúcia Helena e Fernando Leitzke apresentam Sérgio Ricardo, um coração brasileiro
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
No espetáculo a cantora Lúcia Helena Weiss e o pianista Fernando Leitzke, mostrarão um recorte da obra musical desse grande artista, que completou 85 anos em 2017, em plena atividade como compositor, intérprete e cineasta. No roteiro destacam-se canções, toadas, choros e sambas que falam de sua visão de mundo, do amor, do mar e da vida do povo brasileiro, como Ponto de Partida, Zelão, Beira do Cais, Poema Azul e Do Morro à Matriz. No repertório algumas parcerias, a exemplo de Toada da Ternura, com o grande poeta e amigo Thiago de Mello ou Manoela, com Alexandre Caldi, um dos seus mais jovens parceiros.

Dia 30/09 – sábado – Roda de Rock
Ingresso: inteira: R$ 1,00
O projeto será promovido pelo coletivo Rock S.A que é uma reunião de artistas das mais variadas regiões e vertentes do rock, que têm em comum o desejo de progredir com seus projetos. Uma forma que encontraram para difundir os seus trabalhos foi promover eventos periódicos como o Roda de Rock, que consiste em duas atividades:
16h – Abertura com Cássia Novello – a cantora e compositora estreia seu mais novo trabalho: o EP “Mundo Presente”, já disponível nas principais plataformas de música digital. Neste lançamento que tem a direção Muiscal de Lucas Vasconcelos (Letuce, Legião Urbana), Cássia explora influências do pop feminino nacional oitentista com temáticas contemporâneas.
17h30 – Roda de Rock – A proposta é ser uma festa democrática, aberta para quem quiser tocar, é só trazer o instrumento (violão, baixo, percussão, gaita, entre outros). A Roda se inicia com uma banda base e a medida que a galera for chegando, começa o revezamento.

Dia 30/09 – sábado – 19h30 – Laura Finocchiaro
Ingresso: inteira: R$ 20,00 / meia: R$ 10,00
Cantora, compositora, guitarrista, arte-educadora e produtora musical, tem nove álbuns lançados e distribuídos através de seu próprio selo, Sorte produções. Christovam de Chevalier, Jorge Salomão, Cazuza, Tom Zé, Vitor Martins, Glauco Matoso, Cassandra Rios, Leca Machado e Caio Fernando Abreu são alguns dos muitos parceiros que têm na música.


O repertório do espetáculo inclui composições inéditas e recentemente “saídas do forno” como “Lua de Janeiro”, em parceria com Christovam de Chevalier e “Olhos Fechados”, em parceria com Jorge Salomão. Na mesma safra de composições inéditas, o novo show apresenta a inusitada “Clonada”, canção de Laura Finocchiaro baseada em história real, e a furiosa “Q.I”, criada em parceria com o poeta Celso Madruga. Em momento intimista, o show apresenta a também inédita, harmônica e subjetiva “Luz de Mercúrio”, composta nos anos 80, em parceria única entre Laura, Leca Machado e a roqueira Lori F. , sua talentosa e saudosa irmã mais velha. Este momento intimista será complementado pela canção romântica e quase caipira chamada “Sem Sinal”, composta em parceria com a poeta Leca Machado, sua parceira mais constante nesta pista musical.

Nenhum comentário:

Postar um comentário